Criando Objetivos

09/11/2015

Categoria: Desenvolvimento

Nos processos de Coaching percebo uma grande dificuldade dos clientes em saberem exatamente o que querem (e muitas vezes o processo é para esta descoberta).

Criando objetivosQuando sabem o que querem, não conseguem focar energia para isso e muito menos pensar no impacto que, conseguir aquilo ou não, causará nas pessoas à sua volta e nos micros sistemas dos quais fazem parte.

Para isso, gosto muito de usar a ajuda da Programação Neurolinguística nos processos de Coaching.

A Programação Neurolinguística, conhecida como PNL é uma ferramenta poderosa utilizada ao redor do mundo por indivíduos e empresas. Uma das denominações que mais gosto sobre o tema é: “A PNL é a modelagem da excelência humana.”.

Dentro deste conceito, a PNL modelou as pessoas que atingiam seus objetivos com sucesso e perceberam que elas tinham em comum os seguintes fatores:

  1. O objetivo é individual: dependerá apenas de você. Isto significa assumir as responsabilidades das suas conquistas. Independentemente dos fatores externos, faça a sua parte. Analise o cenário atual, identifique o cenário desejado e construa você mesmo o caminho.
  2. O objetivo é positivo: não raramente ouvimos as pessoas dizerem “vou parar de fumar” ou “quero perder x quilos”. Exclua o não e as demais palavras negativas e pergunte-se: o que eu quero no lugar disso?
  3. O objetivo deverá ser específico: defina prazo para que ele aconteça e trace um plano de ações. Desta forma você conseguirá, no decorrer do caminho, saber se está chegando onde quer e fazer os ajustes na rota caso necessário.
  4. O objetivo precisa ser alcançável: não adianta traçar algo tão fácil que não o estimule e nem impossível ao ponto de desanimá-lo logo na largada. Saia da sua zona de conforto e desafie seus limites de forma saudável.
  5. O objetivo deverá ser ecológico: pense nas consequências que você terá ao atingir seus objetivos. Pergunte-se: a quem mais o meu objetivo, quando realizado, irá afetar? Quais os ganhos e as perdas em atingir aquilo que tanto almejo? Estou disposto a pagar este preço?

Com esta informação, é mais fácil arregaçar as mangas e traçar o caminho, pois temos infinitas possibilidades de fazer diferente para termos um resultado diferente.

Escreva seus objetivos, deixo-os amostra em diários, quadros e cartazes em casa ou mesmo no trabalho. Desta forma você canaliza suas energias e sua atenção para a conquista.

É importante lembrar que não basta chegar lá, mas o caminho para atingir sua meta tem que fazer sentido, tem que estar alinhado com o que é importante pra você.